• 02:31 24 de Janeiro de 2019   |   seu IP 107.21.16.70
  • Acessar sistema

    Plano Municipal de Arborização Urbana

    • Município de Icaraíma.

     

    Quais são os benefícios da arborização urbana para nós cidadãos?

    De imediato a arborização melhora o ambiente urbano através da capacidade de produzir sombra, filtrar ruídos, amenizar a poluição sonora, melhorar a qualidade do ar, absorvendo o gás carbônico, amenizar a temperatura e trazendo o bem estar àqueles que podem usufruir sua presença ou mesmo de sua proximidade. Ainda, a arborização serve de atração para a avifauna, sem falar nos efeitos psicológicos, pois tornam o ambiente urbano menos estressante, econômicos já que propriedades com uma boa arborização urbana são mais valorizadas e finalmente sociais, pois devemos levar em conta as pessoas que andam a pé pela cidade e que necessitam de um ambiente agradável e confortável para se deslocar.

    No verão, as árvores funcionam como um verdadeiro ar condicionado natural, melhorando a temperatura do ar. Nas áreas urbanas, a perda do calor a noite é diminuída pelas copas das árvores. As árvores podem aumentar ou reduzir o vento, dependendo de sua posição e arranjo. Sob a copa das árvores, a umidade do ar é maior devido à baixa evaporação. As árvores melhoram o micro clima das áreas urbanas através do fornecimento de sombra nas ruas, moderando os efeitos dos ventos fortes em qualquer época do ano e reduzindo o calor e o brilho refletido pelas ruas, calçadas e construções.

    O plantio de árvores para a criação de florestas e bosques urbanos, em áreas livres e/ou degradadas, contribui para o seqüestro de carbono, consistindo em medida mitigadora do aquecimento global. Além disso, a composição das espécies utilizadas para a arborização urbana também é decisiva para a atração e o estabelecimento de uma fauna diversificada e deve ser considerada como uma estratégia para o aumento da biodiversidade


     

    PLANO DE ARBORIZAÇÃO URBANA

    Um dos grandes desafios lançados aos administradores municipais é o planejamento e a manutenção da arborização urbana. Não basta apenas plantar árvores, pois são inúmeros os problemas resultantes do mau planejamento ou da manutenção equivocada das árvores.

    De modo geral, a arborização das cidades brasileiras não tem um planejamento prévio, daí a decorrência de sérios problemas de manejo. Arborizar é uma atividade onerosa e, portanto, requer um planejamento adequado, para evitar correções futuras; em razão disso, o plantio de árvores no espaço urbano já não pode ser realizado de forma amadorística, pois as necessidades urbanas a serem mitigadas envolvem avaliações estética, ecológica, psicológica, social, econômica e política; mesmo as cidades que tiveram a sua arborização planejada podem necessitar de correções futuras.

    Atendendo à esta necessidade, o Coripa tem prestado assessoria aos seus municípios consorciados no planejamento da arborização urbana. O trabalho envolve um extenso levantamento de campo, processamento de dados, mapeamento e por fim um planejamento a longo prazo para a substituição das árvores da cidade.

    Este planejamento ainda propõe alternativas saudáveis e ecológicamente corretas para o desenvolvimento sustentável dos municipios que fazem parte do Coripa como, por exemplo: ciclovias, parques municipais e calçadas ecologicas. Enfim, procura atender aos anseios da comunidade em relação ao aspecto ambiental e melhorar a qualidade de vida da população.

    Municípios Consorciados
    Mapa do site
    Website desenvolvido por