• 15:03 18 de Julho de 2018   |   seu IP 54.158.248.112
  • Acessar sistema

    Umuarama sedia encontro regional do turismo

    A necessidade de um plano regional para explorar o potencial turístico das cidades da Associação dos Municípios Entre Rios (Amerios) foi a tônica do Encontro Regional de Turismo realizado nesta terça-feira, 11, no auditório da Prefeitura. “Umuarama pode conduzir esse processo, que resultará em um roteiro turístico benéfico a toda a região, aproveitando as atrações que temos e não são poucas. Mas é preciso o envolvimento da sociedade, dos prefeitos e das nossas lideranças da região. Como promover essa união de esforços é o que está em discussão”, definiu o secretário da Indústria, Comércio e Turismo de Umuarama, Douglas Bácaro.

     

    Entre as atrações que podem ser integradas e melhor exploradas, o secretário lembrou o Parque Nacional de Ilha Grande, o grande mercado de importados no vizinho Paraguai, as praias naturais do Rio Paraná, as piscinas na região de Xambrê, as cachoeiras e o futuro Centro de Eventos – para o turismo de negócios – entre tantas opções que, bem exploradas, renderão muitos dividendos para os municípios.

     

    O prefeito Celso Pozzobom lembrou que desde o início da atual gestão tem discutido o turismo, embora seja um investimento de longo prazo. “O turismo não tem retorno imediato, mas é um mercado que merece atenção pois pode transformar a economia de uma cidade ou região”, disse, citando o exemplo de Porto Rico, às margens do Rio Paraná. Reforçou que é importante agregar a região na discussão de um plano para o setor, pois a região já é alvo de muitos visitantes para eventos e de passagem para os portos do Rio Paraná e as compras no Paraguai, via Ponte Ayrton Senna, em Guaíra.

     

    “Precisamos segurar esses turistas durante suas passagens por nossas cidades, seja através da gastronomia, da hospedagem e de atrativos para as famílias. Com um investimento organizado e as parcerias certas, num futuro próximo vamos colher os frutos do turismo e todas as cidades podem ser beneficiadas. Mas para isso, o turismo precisa se tornar uma política de governo, e não apenas plano de um único mandato”, indicou Pozzobom.

     

    Falando sobre o “Paraná Turístico”, apresentado como estratégia para o desenvolvimento do setor na região, o professor Jacó Gimennes, presidente da Paraná Turismo, lembrou a autonomia dos municípios e a relação com a cidade polo para o crescimento em todas as áreas. “A estratégia é descentralizar a gestão do turismo e isso vem sendo possível com a indicação de um representante do interior para a Paraná Turismo, alguém de fora do circuito Curitiba – Foz do Iguaçu, que já está consolidado”, afirmou.

     

    Para ele, a região se comporta de acordo com a cidade polo. “Se Umuarama promover o turismo, haverá desenvolvimento regional, pois as demais cidades vão no embalo”, explicou o professor Jacó, apresentando como grandes potenciais a gastronomia, o slogan de 'Capital da Amizade' e o litoral de água doce da região - “que concentra três dos cinco rios mais importantes do Paraná”, lembrou. De fato, junto ao Ministério do Turismo a região é conhecida como “corredores das águas”, por conta do potencial turístico dos rios Ivaí, Piquiri e Paraná. “O tema é tão importante que merece um capítulo no Plano Plurianual (PPA) que direciona os investimentos anuais de cada município”, emendou.

     

    O Encontro Regional de Turismo teve ainda as palestras “Panorama da região Corredores das Águas e o Mapa do Nacional do Turismo”, com Wanda Pille, presidente da Retur (Rede de Turismo Regional que atende às regiões de Paranavaí, Maringá e Umuarama); “O desafio e as oportunidades para a região de Umuarama/Parque Nacional da Ilha Grande no cenário turístico paranaense”, com Romano Pulzatto, chefe do Parque Nacional; “Umuarama como município polo – um olhar para região”, com Douglas Bacáro, secretário de Indústria e Comércio de Umuarama; e uma plenária de alinhamento das ações em uma agenda positiva, sob a coordenação do professor Jacó Gimennes.

     
    FONTE: Portal Pérola
    Analista ambiental do CORIPA acompanha alunos até o viveiro no município de Altônia
    05/07- Foi realizado o transplante de aproximadamente 250 mudas de espécies nativas que serão utilizadas no processo de recuperação de nascente
    Analista ambiental do CORIPA participa da II Oficina Técnica Regional do Plano Estadual de Resíduos
    05/07- A oficina ocorreu no dia 26/06 e reuniu diversos gestores municipais e técnicos da área de resíduos sólidos.
    Analista ambiental do CORIPA apresenta palestra sobre a Conservação no rio Paraná
    05/07- É o segundo ano que a temática é trabalhada com os alunos do 1º ano do Colégio Malba Tahan em Altônia-PR.
    Municípios Consorciados
    Mapa do site
    Website desenvolvido por