• 12:37 18 de Outubro de 2017   |   seu IP 54.166.245.10
  • Acessar sistema

    ONU declara 2017 o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento

    A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou ao final do ano passado a adoção de 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento.

    A resolução reconhece “a importância do turismo internacional e, em particular, a designação de um ano internacional de turismo sustentável para o desenvolvimento, para promover uma melhor compreensão entre os povos em todo o mundo, levando a uma maior conscientização sobre o rico patrimônio das diversas civilizações”.

    A data também busca promover uma “melhor apreciação dos valores inerentes às diferentes culturas, contribuindo assim para o fortalecimento da paz no mundo”.

    “A declaração pela ONU de 2017 como Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento é uma oportunidade única para fazer avançar a contribuição do setor do turismo para os três pilares da sustentabilidade – econômica, social e ambiental – aumentando a consciência sobre um setor que é frequentemente subestimado”, disse o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas (OMT), Taleb Rifai.

    A OMT é a agência das Nações Unidas que lidera a iniciativa. “Temos grande expectativa de prosseguir com a organização e implementação do Ano Internacional, em colaboração com governos, organizações relevantes do Sistema das Nações Unidas, outras organizações internacionais e regionais e todas as outras partes interessadas relevantes”, acrescentou Rifai.

    A decisão segue o reconhecimento dos líderes globais na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) de que “um turismo bem concebido e bem gerido” pode contribuir para as três dimensões do desenvolvimento sustentável, para a criação de empregos e para o comércio.

    A decisão de adotar 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento ocorreu em um momento particularmente importante, quando a comunidade internacional adotou a nova Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), aprovados pela Assembleia Geral da ONU em setembro de 2015.

    (Fonte:  Nações Unidas no Brasil)

    Proposta amplia sistema de gestão de resíduos sólidos urbanos
    18/10- A iniciativa visa contribuir para a construção de soluções para coleta e correta destinação dos resíduos sólidos urbanos dos municípios paranaenses.
    Pesca nos rios de MT está proibida até 31 de janeiro para a reprodução dos peixes
    04/10- Multa para quem descumprir a legislação varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por kg de peixe apreendido. Nesse período só é permitida a pesca de subsistência.
    Brasil tem mais três sítios Ramsar
    03/10- Título foi dado a duas UCs federais e uma estadual, elevando para 22 o número de áreas úmidas brasileiras com esse reconhecimento internacional.
    Municípios Consorciados
    Mapa do site
    Website desenvolvido por